Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

sindivarejista-df.png
 
fale-com-o-presidente-do-sindivarejista

Notícias e eventos

07
Dezembro 2017

Presidente do Sindivarejista diz que redução de juros beneficia consumo

Pela décima vez seguida, o Banco Central (BC) baixou os juros básicos da economia. Por unanimidade, o Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu ontem à noite (6) a taxa Selic em 0,5 ponto percentual, de 7,5% ao ano para 7% ao ano. A decisão era esperada por analistas financeiros e pelo mercado.

 

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista do DF, Edson de Castro, disse que a redução dos juros da Selic “é uma medida que beneficia tanto o comércio quanto os consumidores. A equipe econômica está no caminho certo porque as medidas tomadas até aqui contribuem para reduzir a inflação e os juros, expandindo o consumo, o que gera empregos e renda”.

 

Com a redução, a Selic 

atinge o menor nível desde o início da série histórica do Banco Central, em 1986. De outubro de 2012 a abril de 2013, a taxa foi mantida em 7,25% ao ano, anteriormente o nível mais baixo da história, e passou a ser reajustada gradualmente até alcançar 14,25% ao ano em julho de 2015. 

 

Somente em outubro do ano passado, o Copom voltou a reduzir os juros básicos da economia.

 

Apesar do corte, o Banco Central está afrouxando menos a política monetária. 

 

De abril a setembro, o Copom havia reduzido a Selic em 1 ponto percentual. O ritmo de corte caiu para 0,75 ponto em outubro e 0,5 ponto na reunião de hoje. 

 

Em nota, o BC informou que a inflação está se comportando como o esperado e indicou que pode continuar a cortar os juros básicos na próxima reunião do Copom, no fim de janeiro.

 

Nova redução pode ser adotada

 

“Para a próxima reunião [em janeiro], caso o cenário básico evolua conforme esperado, e em razão do estágio do ciclo de flexibilização, o Comitê vê, neste momento, como adequada uma nova redução moderada na magnitude de flexibilização monetária. 

 

Essa visão para a próxima reunião é mais suscetível a mudanças na evolução do cenário e seus riscos que nas reuniões anteriores. 

 

Para frente, o Comitê entende que o atual estágio do ciclo recomenda cautela na condução da política monetária”.

 

A Selic é o principal instrumento do Banco Central para manter sob controle a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). 

 

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPCA ficou em 0,42% em outubro. 

 

Nos 12 meses terminados em outubro, o índice acumula 2,7%, abaixo do piso da meta de inflação, que é de 3%.

Mais notícias e eventos

 

NOSSA LOCALIZAÇÃO

 

SINDIVAREJISTA DF

Setor Comercial Sul (SCS) Quadra 06
Bloco "A" Lote n° 206
Edifício Newton Rossi - 4° Andar

LINK'S RÁPIDOS

NEWSLETTER

RECEBA NOSSOS BOLETINS POR E-MAIL
SINDICATO FILIADO À FERCOMÉRCIO