Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

sindivarejista-df.png
 
fale-com-o-presidente-do-sindivarejista

Clipping

09
Novembro 2017

Lojistas do DF estão otimistas com as vendas para o Natal (Jornal de Brasília)



Amanda Karolyne redacao@grupojbr.com Diferente dos últimos anos, a expectativa dos empresários brasilienses para o Natal é de crescimento de vendas. Para agradar os consumidores, o comércio está a procura de inovações, seja na decoração chamativa para o Natal, promoções, premiações e atrações para as crianças. Segundo a pesquisa do Instituto Fecomércio, 72,5% dos comerciantes apostam que em dezembro deste ano as vendas serão maiores do que em 2016, enquanto 17,9% esperam vendas iguais e apenas 9,7% acreditam em vendas menores. A estimativa é que o crescimento das vendas seja de 19,81% em relação ao ano anterior de 11,7%.

O presidente da Fecomércio, Adelmir Santana, acredita que há um grande otimismo no mercado comercial que veio seguido de dois anos difíceis. "Acreditamos em um crescimento que ainda é inferior se comparado com 2013", lembra. Ele ressalta que os lojistas registraram a melhor e maior expectativa de vendas dos últimos 5 anos para o Natal (72,5%). Ele explica que está acontecendo diante de uma melhora significativa, gerando na retomada do consumo mais aquecido. "Esse resultado derivou do deslocamento daqueles lojistas que antes acreditavam num resultado igual ao ano anterior e agora preferem apostar em um resultado mais positivo e crescente, diante da política e econômica mais estável", aponta Adelmir.

Consumidor inseguro Ele explica que a expectativa é diferente para o consumidor. Os consumidores ainda estão um pouco inseguros para fazer as compras, mas 53,5% dos clientes tem intenção de comprar. Para ele, o ato de presentear os entes queridos no natal, está na cultura do brasiliense. "Por isso o natal é a principal data comemorativa de vendas para o comércio, que mesmo com a crise o brasiliense não deixa de presentear familiares e amigos", acrescenta o presidente da Fecomércio. Saiba mais Passeando com a filha, a doméstica Clesia Moreira, 21, e o estoquista Clésio José, 26, estão fazendo pesquisas para presentear a filha de dois anos, Maria Fernanda.

"Agora que ela prendeu a pedir fica difícil negar", conta Clesia. Denise Carvalho, assistente administrativa, tem três filhos, mas só vai comprar presente para a mais nova este ano. "Já conversei com eles e eles entendem", destaca. "Ainda está muito caro, e não dá para todo mundo". Ela acredita que essa data seja para se passar com a família, e costuma levar os filhos para as atrações de Natal dos shoppings, para ver o Papai Noel e a decoração. Shoppings entre sorteio e promoções Para angariar clientes, os shoppings da capital apostam em promoções, brindes e sorteios para alavancar as vendas.

Serão ofertados pelo menos nove carros, um apartamento e um cruzeiro para o Caribe. O Pátio Brasil sorteará um apartamento em Águas Claras. No Iguatemi, DF Plaza e Brasília Shopping serão cinco Jeeps Compass. O Terraço Shopping vai presentear um cliente com um Lifan X60 Talent; o Taguatinga Shopping, um Hyundai Pulse automático; o Boulevard Shopping um Mini Cooper; e o JK Shopping um Fiat Toro. O fim de ano no Alameda Shopping também pode levar ao Caribe (veja mais no site do Jornal de Brasília). O Conjunto Nacional está com um conceito de sonhos o ano todo, e para o natal está preparando duas modalidades de premiações com sorteios semanais para os clientes.

Esse ano eles esperam um crescimento de 10% nas vendas. Este ano, 52% dos consumidores vão fazer as compras à vista. Todos estão empenhados em não se endividar. Saiba mais em Jornal de Brasília Diferente dos últimos anos, a expectativa dos empresários brasilienses para o Natal é de crescimento de vendas. Para agradar os consumidores, o comércio está a procura de inovações, seja na decoração chamativa para o Natal, promoções, premiações e atrações para as crianças. Segundo a pesquisa do Instituto Fecomércio, 72,5% dos comerciantes apostam que em dezembro deste ano as vendas serão maiores do que em 2016, enquanto 17,9% esperam vendas iguais e apenas 9,7% acreditam em vendas menores.

A estimativa é que o crescimento das vendas seja de 19,81% em relação ao ano anterior de 11,7%. O presidente da Fecomércio, Adelmir Santana, acredita que há um grande otimismo no mercado comercial que veio seguido de dois anos difíceis. "Acreditamos em um crescimento que ainda é inferior se comparado com 2013", lembra. Ele ressalta que os lojistas registraram a melhor e maior expectativa de vendas dos últimos 5 anos para o Natal (72,5%). Ele explica que está acontecendo diante de uma melhora significativa, gerando na retomada do consumo mais aquecido. "Esse resultado derivou do deslocamento daqueles lojistas que antes acreditavam num resultado igual ao ano anterior e agora preferem apostar em um resultado mais positivo e crescente, diante da política e econômica mais estável", aponta Adelmir.

Ele explica que a expectativa é diferente para o consumidor. Os consumidores ainda estão um pouco inseguros para fazer as compras, mas 53,5% dos clientes tem intenção de comprar. Para ele, o ato de presentear os entes queridos no natal, está na cultura do brasiliense. "Por isso o natal é a principal data comemorativa de vendas para o comércio, que mesmo com a crise o brasiliense não deixa de presentear familiares e amigos", acrescenta o presidente da Fecomércio. Para angariar clientes, os shoppings da capital apostam em promoções, brindes e sorteios para alavancar as vendas. Serão ofertados pelo menos nove carros, um apartamento e um cruzeiro para o Caribe.

O Pátio Brasil sorteará um apartamento em Águas Claras. No Iguatemi, DF Plaza e Brasília Shopping serão cinco Jeeps Compass. O Terraço Shopping vai presentear um cliente com um Lifan X60 Talent; o Taguatinga Shopping, um Hyundai Pulse automático; o Boulevard Shopping um Mini Cooper; e o JK Shopping um Fiat Toro. O fim de ano no Alameda Shopping também pode levar ao Caribe (veja mais no site do Jornal de Brasília). O Conjunto Nacional está com um conceito de sonhos o ano todo, e para o natal está preparando duas modalidades de premiações com sorteios semanais para os clientes. Esse ano eles esperam um crescimento de 10% nas vendas.

Este ano, 52% dos consumidores vão fazer as compras à vista. Todos estão empenhados em não se endividar.


.

Veja mais

 

 

NOSSA LOCALIZAÇÃO

 

SINDIVAREJISTA DF

Setor Comercial Sul (SCS) Quadra 06
Bloco "A" Lote n° 206
Edifício Newton Rossi - 4° Andar

LINK'S RÁPIDOS

NEWSLETTER

RECEBA NOSSOS BOLETINS POR E-MAIL
SINDICATO FILIADO À FERCOMÉRCIO